Buscar
  • Rosângela Godo

Depressão - Você precisa de ajuda

Atualizado: Ago 15




A depressão é uma doença que tem como uma das causas a desregulação na produção e receptação de neurotransmissores no sistema nervoso central (SNC).


Serotonina, dopamina, noradrenalina são algumas das substâncias responsáveis pelos sentimentos de bem-estar, felicidade, disposição, prazer e serenidade.


As alterações na produção desses neurotransmissores no SNC geram um desequilíbrio hormonal e, então, surgem sintomas como insônia, tristeza, ansiedade, pessimismo e falta de motivação. Quando a depressão não é tratada, também podem ocorrer sintomas físicos.


Por esse motivo, é extremamente importante procurar ajuda médica quando alguns sinais de alarme são percebidos. A depressão é uma doença que possui tratamento efetivo e deve ser tratado o quanto antes.


Principais sintomas da depressão:


1 - Perda de interesse nas atividades cotidianas e hobbies

Uma pessoa deprimida frequentemente perde o interesse e a vontade de fazer coisas que antes eram prazerosas.

Conforme a doença se agrava, ela esgota todas as suas forças físicas e mentais. Assim, nem as atividades que antes eram agradáveis são capazes de provocar satisfação e alegria.


2 - Dificuldades de concentração e cansaço constante

Uma pessoa com depressão não possui o estado mental e físico como o de alguém saudável.


Em alguns casos, o cansaço é tão grande que a pessoa depressiva não consegue sair do quarto e não tem força de vontade para atividades comuns como tomar banho ou se alimentar. Além disso, ela não consegue se concentrar no trabalho ou na escola.


Entretanto, existem casos em que o indivíduo até aparenta um estado emocional equilibrado, mas, na verdade, está mentalmente exausto. Se não houver um diagnóstico, ele não saberá que o cansaço extremo é uma depressão.


3 - Indiferenças ao afeto

Nem sempre as pessoas com depressão parecem tristes.


Elas podem simplesmente não sentir nada pelo que acontece na vida. É comum a descrição um estado de entorpecimento com sentimentos de frieza e indiferença a demonstrações de carinho ou grandes acontecimentos.


Esse é um sinal de alerta importante — principalmente para aquelas pessoas que sempre foram carinhosas e atenciosas com amigos e familiares.


4 - Oscilações de humor

É comum a alternância de períodos bons e períodos ruins.


Geralmente, os dias ruins não têm um motivo aparente, é uma manifestação da doença.


Além disso, é normal que a depressão cause episódios de irritação, assim como de apatia.


Quem está deprimido, precisa continuar lidando com suas responsabilidades diariamente, apesar do cansaço extenuante. Viver dessa forma pode sugar todas as energias e causar sentimentos como a raiva e a impaciência.


No entanto, há dias em que a tristeza é tão profunda que a pessoa fica apática e sem reação. É importante, então, perceber mudanças de humor constantes. Afinal, esse é um forte sintoma de alerta.


Choro frequente e sentimento de tristeza profunda

O choro é um indício que causa alarde quando não tem motivo plausível. Se ele não possui uma causa ou justificativa e acontece com frequência, pode ser indicativo de depressão. É importante ressaltar que nem todas as pessoas depressivas choram.


Algumas podem apresentar sentimentos de desesperança, inutilidade e desamparo. Esses sentimentos demonstram uma tristeza — e a pessoa se sente culpada por tudo de negativo que acontece em sua vida.


Nesse estado, não é possível enxergar nenhum lado positivo ou sentimento bom. Frases como: “ninguém se importa comigo’’ ou “a culpa é sempre minha’’ são sinais de alerta para a depressão.


Se você identificou esses sintomas em alguém da sua família ou em você mesmo, não se preocupe​ eu posso te ajudar. ​


Agende uma avaliação agora mesmo


Fonte: ​blog.drconsulta.com




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo