Psicoterapia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para que serve a Psicoterapia

O processo Terapêutico busca ampliar o campo de percepção da pessoa, e a capacidade de enxergar (um problema que às vezes parece insolúvel), por vários ângulos e dessa maneira encontrar a solução; para cada problema existe uma solução, apenas não conseguimos enxergá-la às vezes.

A capacidade de perceber e compreender o que acontece ao seu redor, na sua vida cotidiana, nos seus relacionamentos, sejam pessoais ou profissionais, se faz necessário para poder ressignificar os fatos e se abrir para novas possibilidades.

Esse processo promove o crescimento pessoal, levando a um maior conhecimento de como funciona nosso aparelho psíquico e nossas emoções, e com isso a cura dos transtornos psicológicos às vezes já diagnosticados ou não, como:

  • Ansiedade,

  • Estresse,

  • Síndrome do pânico,

  • Depressão,

  • Fobias,

  • Transtorno alimentar,

  • Transtorno bipolar,

  • Transtorno obsessivo-compulsivo e outros.

 

De modo geral, lidamos melhor com as situações que conhecemos, então, faz parte do tratamento a psicoeducação, oferecer ao paciente de forma didática e ao alcance de sua compreensão, informações sobre sua doença e sobre as opções de tratamento para que ele mesmo, com o apoio e orientação do Psicoterapeuta, encontrem as “ferramentas” mais eficazes para lidar com seu problema, para que se comprometa com o(s) tratamento(s), para que a duração e intensidade das crises diminuam, para que se evitem internações hospitalares e para prevenção da ocorrência de novos episódios (nesses casos para quem tem um transtorno patológico instalado). 

 

  • Para quem serve a Psicoterapia

Qualquer pessoa, portadora ou não de transtorno mental ou de comportamento, pode precisar ou desejar realizar psicoterapia. Isto porque ela tem um caráter preventivo, de diagnóstico ou curativo.

Não tem contra-indicação, mas infelizmente ainda existe uma crença, um mito, de que ela só se destina às pessoas portadoras de doenças mentais ou pior, apenas para “loucos” – termo usado em tom pejorativo.

Estamos trabalhando para corrigir esta idéia errônea que só atrapalha e gera preconceitos em relação ao tratamento, muitas pessoas não procuram ajuda por conta disso e vivem enclausuradas em suas dores, sofrendo sozinhas, com vergonha de pedir ajuda de um profissional e ser taxada de “louca”.

Como processo de autoconhecimento e crescimento, todos nós deveríamos usar dessa ferramenta, todas as queixas relacionadas ao funcionamento da mente, ao comportamento humano e às formas de relação do ser humano com o mundo, com as pessoas e consigo mesmo podem ser questões a serem abordadas e tratadas na Psicoterapia.

 

  • Como funciona o processo da Psicoterapia

 

Uma sessão inicial com um tipo de uma entrevista, onde o profissional ouve a (as) queixa(s), que fez a pessoa buscar ajuda, e busca na sua história fatos que possam ter colaborado para o desenvolvimento de uma dor emocional, uma patologia, uma crença, um bloqueio, etc.

Há um tipo de contrato de prestação de serviço, onde ficam combinadas entre as partes:

  • A quantidade de consultas que serão necessárias por semana;

  • O tempo de duração de cada encontro;

  • O estabelecimento do(s) dia(s) e horário(s) das consultas;

  • A forma de atendimento (presencial ou on-line);

  • As regras em relação à faltas, atrasos e remarcações;

  • O valor e forma de pagamento e esclarecimento quanto ao sigilo profissional. 

 

O mais comum é que as consultas aconteçam semanalmente e possuam duração de 50 minutos, mas há outras configurações possíveis, depende da necessidade de cada caso.

 

O tempo de duração do tratamento depende de vários fatores, como: quadro clínico do paciente e as queixas a serem tratado, comprometimento do paciente com o tratamento, assiduidade nas consultas. Lembrando que cada ser humano é uma pessoa única, então, o tempo de progresso depende da particularidade de cada um. 

 

  • Sobre o meu trabalho Psicoterapêutico

 

Ele acontece através da escuta e da fala compreensiva e livre de julgamentos.

À medida que você me fala sobre você, sobre o que aconteceu ou está acontecendo na sua vida eu vou compreender como seu processo se instalou.

 

 A partir deste diálogo, te ajudarei a entender o sentido e o significado daquilo que está dificultando ou impedindo que você tenha uma vida emocionalmente saudável, bons relacionamentos, ou o que te causa dor emocional.

 

Juntos, podemos construir formas e maneiras de lidar, amenizar ou eliminar seu sofrimento e seus conflitos internos ou externos.

 

Uso técnicas da Terapia Cognitiva Comportamental de Terceira Geração, EFT, PNL, Terapia Vibracional Quântica com uso das essências vibracionais e florais como coadjuvante nos tratamentos.

 

No final do processo, você poderá se tornar capaz de reconhecer suas qualidades, desenvolver seu potencial, valorizar-se melhorando a autoestima, tornando-se uma pessoa mais forte equilibrada, alcançar qualidade de vida, evitar novos processos de adoecimento psíquico e conseguir ter uma vida com mais qualidade, tranquilidade e paz.

 

Eu gostaria de te ajudar, agende um horário ou mande uma mensagem. Será um prazer falar com você!​

5b2278da227fac3762cbb3bb094da7d1.jpg
Image by Simon Rae

" Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.” 

Carl Jung